miércoles, marzo 28

No digas nada...



Não: não digas nada!
Supor o que dirá
A tua boca velada
É ouvi-lo já
É ouvi-lo melhor
Do que o dirias.
O que és não vem à flor
Das frases e dos dias.

És melhor do que tu.
Não digas nada: sê!
Graça do corpo nu
Que invisível se vê.

Cancioneiro
Fernando Pessoa, 5/6-2-1931



Tags:

4 comentarios:

Landahlauts dijo...

Pessoa o grande Português...

:)

Halo dijo...

y duro de leer eh??? a mi se me hace cuesta arriba pero la próxima vez que vaya a lisboa prometo hacer ruta pessoistica!!!!!

Landahlauts dijo...

Pues, sí lo es para tí... imagínate para mi...

aitb dijo...

:D

excelente escolha!

beijos :)